• Ter. Dez 1st, 2020

Amapá sem luz: privatização da companhia elétrica pode ser desfeita

O presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmou no domingo (8) que irá cobrar da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) uma investigação criteriosa para apurar as responsabilidades da empresa que gere a subestação que pegou fogo no último dia 3 de novembro, deixando 14 dos 16 municípios do Amapá sem luz.

Segundo o senador, que é amapaense de Macapá, a concessionária de energia Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE), de responsabiliade da espanhola Isolux deve perder a concessão, e o empreendimento ser assumido pela empresa federal Eletronorte, subsidiária da Eletrobrás. Funcionários da estatal inclusive estão sendo os responsáveis por retomar o fornecimento de energia no Amapá.

Leia mais…

CURSO HOTMART
ENVIAR