Ao menos 3 democratas contraíram covid-19 após invasão do Capitólio

Republicanos se recusaram a usar máscaras durante invasão do Capitólio

Republicanos se recusaram a usar máscaras durante invasão do Capitólio

Reprodução / YouTube

Pelo menos três parlamentares do Partido Democrata anunciaram nesta terça-feira (12) que tiveram testes positivos para o novo coronavírus após a invasão do Congresso norte-americano por apoiadores do presidente Donald Trump na última quarta-feira, durante a sessão que contabilizava os votos do Colégio Eleitoral que deram a vitória ao presidente eleito Joe Biden.

Leia também: Como Trump foi de encorajar ida ao Capitólio a reconhecer derrota em um dia

Os congressistas, todos membros da Câmara dos Representantes, relataram que, ao serem colocados em salas isoladas durante a invasão, ficaram aglomerados junto a colegas do Partido Republicano que se recusaram a colocar máscaras, mesmo em um ambiente fechado e com muitas pessoas no mesmo espaço.

O vídeo abaixo mostra o momento em que a democrata Lisa Blunt Rochester oferece máscaras a colegas republicanos, que apenas se recusam a cobrir seus rostos.

Os contaminados

Brad Schneider, representante do estado de Illinois, disse em um comunicado que fez o teste na segunda e ainda não apresentou sintomas. “Diversos parlamentares republicanos na sala simplesmente se recusaram a usar uma máscara. Hoje, estou em isolamento, preocupado por ter colocado a saúde da minha esposa em risco e revoltado com o egoísmo e arrogância dos anti-máscaras, que desprezaram a saúde e segurança dos colegas e funcionários”, afirmou.

Outra democrata, Pramila Jayapal, do estado de Washington, disse que se isolou desde o ataque, que está trabalhando de casa e recebeu o diagnóstico positivo na noite de segunda-feira. “Muitos republicanos se recusaram a levar esta pandemia e o vírus a sério e, desta forma, colocaram em risco todos ao redor deles”, criticou ela em uma nota oficial.

“Enquanto o presidente Trump incentivou um ataque contra nosso Capitólio, nosso país e nossa democracia, muitos republicanos ainda se recusaram a seguir a mínima precaução contra a covid-19 e simplesmente usar uma maldita máscara em uma sala lotada durante uma pandemia, criando um momento de infecção em massa em cima de um ataque terrorista”, disse ela.

Outra democrata diagnosticada com covid-19 foi Bonnie Watson Coleman, de New Jersey, que também se isolou em sua casa na segunda. “Apesar de ter alguns sintomas leves, parecidos com de um resfriado, estou animada e vou seguir trabalhando daqui”, diz um comunicado distribuído por seu gabinete.

You may have missed

2 min read
8 min read
2 min read
5 min read