• Dom. Dez 6th, 2020

Apenas aulas do ensino médio serão retomadas em 3 de novembro em SP

ByMax

Out 22, 2020
Apenas aulas do ensino médio serão retomadas em 3 de novembro em SP

Apenas aulas do ensino médio serão retomadas em 3 de novembro em SP
Reprodução/Prefeitura de SP

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou nesta quinta-feira (22) que apenas as atividades extracurriculares para os ensinos infantil e fundamental serão mantidas e que está autorizado o retorno das aulas presenciais para o ensino médio no dia 3 de novembro.

A decisão vale para a rede municipal, estadual e privada, mas é voluntária. Isto é, cabe aos pais decidir se vão enviar os filhos às escolas. É necessário, no entanto, que as unidades sigam os protocolos sanitários contra o novo coronavírus.

Leia mais: Sindicatos entram com ação contra volta às aulas no estado de SP

A retomada integral das aulas presenciais nas escolas foi mais uma vez adiada em virtude dos resultados da primeira fase do Censo Sorológico realizado pela prefeitura em professores e alunos da rede pública. A decisão foi também baseada em resultados obtidos em países da Europa, onde as aulas foram retomadas e houve um aumento do número de casos de covid-19.

Na primeira fase do Censo Sorológico na Educação, 65.400 pessoas foram testadas voluntariamente, o número representa 50,5% do total previsto, que era 129.412. A testagem resultou em 8.621 pessoas com o novo coronavírus, ou seja, 13,2%. 

Entre os diagnósticos positivos, destacam-se crianças e adolescentes com 66% das infecções, sendo 2.890 entre 9 e 13 anos, 2.849 entre 14 e 19 anos e 2.882 são professores e profissionais de apoio.

Veja também: Prefeitura de SP divulga regras para volta às aulas presenciais

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, os dados coincidem com os resultados das oito etapas do inquérito sorológico, onde a prevalência do Sars-Cov-2 era de 13,6%.

Segundo o estudo, é alta a taxa de escolares assintomáticos (70%) e a prevalência é baixa entre os professores (7%). Ainda 25% dos alunos convivem com idosos, além dos óbitos pela covid-19 na cidade de São Paulo se concentrarem em pessoas maiores de 60 anos, sendo 76% do total. 

Os números serviram para embasar a decisão da Prefeitura de São Paulo de manter apenas as atividades extracurriculares, de forma voluntária, para crianças de até 14 anos.

Leia ainda: Covid: retorno de aulas presenciais é controverso nos estados

Segundo o secretário Edson Aparecido, “a prefeitura entendeu que retomar as aulas para alunos acima de 14 anos tem menor impacto na transmissibilidade do vírus porque os adolescentes já circulam pela cidade, parte deles trabalha, diferentemente das crianças que têm convívio permanente com pais e avós”.

Retomada

De acordo com o secretário municipal de Educação, Bruno Caetano, será estimulado agora o retorno das atividades extracurriculares em um número maior de escolas públicas municipais. As unidades que não aderiram à iniciativa vão poder se inscrever até 5 de novembro. “Não há nenhuma intercorrência nas escolas que reabriram”, garantiu.

Haverá, segundo o secretário, uma atenção especial aos alunos do nono ano do fundamental porque em 2021 eles farão a transição para o ensino médio.

Veja mais: Covid-19: maioria dos estados continua sem aulas presenciais

Já os alunos do ensino médio serão primeiramente acolhidos no início das aulas em 3 de novembro e vão passar por uma prova para saber se o conteúdo ensinado à distância foi apreendido. A partir do resultado, serão definidas novas estratégias de ensino e aprendizagem.

Segundo o prefeito, apenas professores imunizados poderão voltar aos colégios. Covas destacou que 310 mil cartões-alimentação serão distribuídos, atingindo assim mais de um milhão de crianças. Também mais de mil profissionais em educação estão dedicados a crianças vulneráveis que vivem nos seis distritos com menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) ou com deficiência.

A segunda fase do Censo Sorológico da Educação será realizada a partir de 4 de novembro. A expectativa da prefeitura é ampliar a testagem para 779.464 pessoas. Os resultados serão divulgados no dia 19. 

Max

CURSO HOTMART
ENVIAR