Biden escolhe Lloyd Austin para ser secretário de Defesa dos EUA

O presidente eleito Joe Biden e o general aposentado Lloyd Austin

O presidente eleito Joe Biden e o general aposentado Lloyd Austin
EFE/EPA/STAN GILLILAND

O democrata Joe Biden anunciou nesta terça-feira (8) a intenção de nomear como secretário de Defesa dos Estados Unidos o general aposentado Lloyd Austin, que se tornará o primeiro negro a ocupar o cargo caso seja confirmado.

“O general Austin partilha a minha profunda convicção de que a nossa nação é mais forte quando somos guiados não só pelo exemplo do nosso poder, mas pelo poder do nosso exemplo”, disse Biden em comunicado.

Austin, 67 anos, foi chefe do Comando Central responsável pelas operações em Iraque, Afeganistão, Iêmen e Síria. O general do Exército ocupou esse posto de 2013 a 2016, quando se aposentou após quase 40 anos de serviço.

Rudy Giuliani, advogado de Trump, está com covid-19

“Ao longo de uma vida de serviço dedicado, e nas muitas horas que passamos juntos na Sala de Crise da Casa Branca e com as nossas tropas no exterior, o general Austin demonstrou liderança, caráter e autoridade exemplares”, acrescentou.

Por que Biden quer que os americanos usem máscaras por 100 dias

Depois de deixar a carreira militar, Austin seguiu para o setor privado, onde atuou nas diretorias de Raytheon Technologies, uma dos maiores prestadoras de serviço do Pentágono; Nucor, a maior produtora de aço dos Estados Unidos; e na companhia de seguros médicos Tenet.

You may have missed

3 min read
2 min read
4 min read
2 min read