Cerca de 2 mil pessoas já tomaram a vacina contra a covid-19 em Moscou

Médicos, enfermeiros e professores são os primeiros a receber a vacina na Rússia

Médicos, enfermeiros e professores são os primeiros a receber a vacina na Rússia
Reuters

Cerca de 2 mil pessoas tomaram a vacina anti-covid Sputnik V nos dois primeiros dias da campanha de imunização iniciada em Moscou, capital da Rússia, no último sábado (5), de acordo com o prefeito Sergey Sobyanin.

Leia também: Moscou inicia campanha de vacinação contra a covid-19

A vacinação começou antes mesmo da publicação dos resultados finais da terceira fase de ensaios clínicos, embora dados preliminares tenham apontado uma eficácia superior a 95%, segundo o Instituto Gamaleya de Pesquisa em Epidemiologia e Microbiologia, desenvolvedor do imunizante.

Os grupos prioritários são médicos, enfermeiros, professores e assistentes sociais. “Acredito que o sistema esteja pronto para uma vacinação em escala mais ampla”, afirmou Sobyanin.

A Rússia é o primeiro país no mundo a começar a vacinação contra o novo coronavírus e soma quase 2,5 milhões de casos e pouco mais de 43 mil mortes na pandemia. A Sputnik V será aplicada em duas doses. 

You may have missed

3 min read
2 min read
4 min read
2 min read