Chegada de migrantes à UE cai 13% em 2020, informa Frontex

Número de migrantes na Europa cai 13% durante pandemia

Número de migrantes na Europa cai 13% durante pandemia

EFE/EPA/Erdem Sahim

O número de migrantes que chegaram de maneira ilegal à União Europeia caiu 13% em 2020 na comparação com o ano de 2019, cerca de 124 mil pessoas, no menor número registrado desde 2013, informou a Agência Europeia de Controle de Fronteiras (Frontex).

Segundo o órgão, o número menor foi provocado por conta da pandemia do novo coronavírus, já que muitos países impuseram regras rígidas para saídas e entradas em seus territórios.

No entanto, os números específicos do Mediterrâneo Central triplicaram na comparação anual.

“Apesar do aumento acentuado das partidas da Tunísia, um pouco mais de migrantes irregulares detectados nessa rota haviam partido da Líbia. No total, o número de chegadas irregulares no Mediterrâneo Central quase triplicou e chegou a 35.600, tonando essa a rota migratória mais ativa na Europa”, diz o documento.

Já no Mediterrâneo Oriental houve queda de “cerca de três quartos” nas chegadas, que somaram 20 mil, e no Mediterrâneo Ocidental houve queda de 29% (total de 17 mil).

You may have missed

3 min read
1 min read
4 min read
2 min read
CURSO HOTMART
ENVIAR