China tem mais de 100 casos diários de covid pela 1ª vez desde julho

China tem mais de 100 casos de covid-19 pela primeira vez desde julho

China tem mais de 100 casos de covid-19 pela primeira vez desde julho

China Daily via Reuters – 06.01.2021

A Comissão Nacional de Saúde da China informou nesta segunda-feira (11) que o país asiático diagnosticou 103 novas infecções pelo coronavírus no domingo, o maior número desde o final de julho de 2020, com 85 desses casos ocorrendo por contágio local.

Essas transmissões em nível local foram quase o dobro das anunciadas no domingo (48) e cinco vezes mais do que no sábado (17).

A maioria desses casos – 82 deles – foi registrada na província nordestina de Hebei, palco de um pequeno surto que levou ao fechamento da capital provincial, Shijiazhuang, que tem 11 milhões de pessoas, há uma semana e pretende testar todos os habitantes.

Entre as outras três infecções locais, duas ocorreram na província de Liaoning, no nordeste, e uma em Pequim.

Além disso, no domingo, 18 casos positivos foram detectados entre viajantes do exterior, os chamados casos “importados”.

Levando em consideração as pessoas infectadas de outros países, as 103 infecções de hoje representam um aumento significativo em comparação às 69 do dia anterior e às 33 anunciadas no sábado.

Além disso, as autoridades de saúde também informaram a detecção de 76 infecções assintomáticas (15 delas, do exterior), embora Pequim não as inclua como casos confirmados a menos que manifestem sintomas.

O total deste tipo de infecções em observação é de 506, das quais 260 são “importadas”.
Da mesma forma, a Comissão Nacional de Saúde detalhou que no último dia, 18 pacientes receberam alta após superar com sucesso covid-19.

Assim, o número total de infectados ativos na China continental chegou a 673, dos quais 20 são graves.

A instituição não anunciou novas mortes por covid-19, então o número continuou a ser 4.634 (dados inalterados desde meados de maio) entre os 87.536 infectados oficialmente diagnosticados na China desde o início da pandemia, e 82.229 curados.

Até o momento, 925.042 contatos próximos com pessoas infectadas foram acompanhados, dos quais 26.652 permanecem sob observação.

Por sua vez, na cidade semi-autônoma de Hong Kong – imersa em uma quarta onda de infecções – as autoridades anunciaram 31 novos casos, elevando o número total de infectados para 9.242 e 158 mortes.

You may have missed

8 min read
2 min read
5 min read
5 min read