Continuem o bom trabalho, diz Putin a agência de espionagem

Na imagem, presidente da Rússia, Vladimir Putin

Na imagem, presidente da Rússia, Vladimir Putin

Alexei Nikolsky/EFE/EPA – 17.11.2020

MOSCOU (Reuters) – O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou que o serviço de inteligência estrangeira é excepcionalmente importante para proteger o país, em comentários realizados pouco depois de o órgão ser acusado de estar por trás de um grande ataque cibernético ao governo dos Estados Unidos.

Falando em um evento que comemorava os 100 anos da fundação do serviço de inteligência estrangeira SVR, Putin disse que a agência e outros serviços de segurança são uma garantia crucial para “a soberania, a democracia e o desenvolvimento independente” da Rússia.

Leia mais: Rússia nega ligação com ataque hacker contra os EUA

Alguns pesquisadores internacionais sugeriram que o SVR pode estar por trás de ataques hackers sem precedentes ao sistema de computadores do governo dos EUA, veiculados em primeira mão pela Reuters na semana passada.

O secretário de Estados dos EUA, Mike Pompeo, afirmou na sexta-feira que a Rússia era responsável pelo ataque. O Kremlin sempre negou o envolvimento de Moscou em ataques cibernéticos contra o Ocidente, e afirmou que a Rússia não teve nada a ver com o último deles.

Veja também: Marinha do Brasil monitora navio russo suspeito de espionagem

Putin afirmou durante o evento, que também marcou o Dia do Trabalhador dos Serviços de Segurança, que era importante continuar desenvolvendo o trabalho das agências de contra-inteligência.

“Eu sei do que estou falando”, disse Putin, um ex-agente da KGB, em comentários publicados no site do Kremlin. “E eu valorizo muito as operações profissionais muito difíceis que foram conduzidas”.

“Temos que ter o máximo de atenção com a segurança da informação, a luta contra o extremismo e contra corrupção”, acrescentou.

You may have missed

3 min read
2 min read
4 min read
2 min read