EUA exigirão teste de covid-19 para viajantes do Reino Unido

Estados Unidos vão exigir teste negativo de covid-19 de todos que chegarem no Reino Unido

Estados Unidos vão exigir teste negativo de covid-19 de todos que chegarem no Reino Unido
EFE/Alejandro García

Os Estados Unidos exigirão que todos os viajantes procedentes do Reino Unido que entrarem no país a partir da próxima segunda-feira (28) apresentem um teste de covid-19 com resultado negativo realizado até 72 horas antes da viagem, anunciaram os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês).

O objetivo é tentar frear a nova cepa do coronavírus Sars-CoV-2, causador da covid-19, identificada no Reino Unido e que parece ser 70% mais contagiosa que outras variantes, explicou a entidade em comunicado.

Sob a nova norma, todos os passageiros que saírem do Reino Unido (cidadãos americanos ou não) deverão entregar à companhia aérea um documento que prove que, nas últimas 72 horas, testaram negativo para o vírus, seja por um exame de PCR ou de antígeno.

Se os viajantes não tiverem esse documento, as companhias aéreas negarão a possibilidade de embarcar.

A Delta Air Lines começou na quinta-feira a pedir aos passageiros um exame negativo antes do embarque. A United anunciou que fará o mesmo a partir da segunda-feira.

Essa nova medida afetará um número relativamente pequeno de viajantes porque, em março, o presidente americano, Donald Trump, já restringiu a entrada de estrangeiros procedentes do Reino Unido, o que reduziu o tráfego aéreo entre ambos os países em 90%, de acordo com os CDC.

You may have missed

3 min read
2 min read
4 min read
2 min read