Exército etíope bombardeia capital de Tigré com artilharia pesada

Etiópia bombardeia capital do Tigray

Etiópia bombardeia capital do Tigray

Mohamed Nureldin Abdallah/Reuters – 24.11.2020

O exército da Etiópia usou de artilharia pesada neste sábado para bombardear Mekele, a capital de Tigray, onde o governo federal iniciou uma guerra com a Frente Popular de Libertação de Tigray (TPLF), segundo informações fornecidas por fontes diplomáticas à Agência Efe.

“Até agora, identificamos a presença de fortes explosões na parte central de Mekele e outra explosão na periferia”, declarou um diplomata, que completou dizendo que as instalações pertencentes à TPLF foram atacadas.

De acordo com um comunicado do governo regional de Tigray, publicada pela Tigray Media House, desde ontem, o primeiro-ministro Abiy Ahmed e forças eritreias vem bombardeando a região com artilharia pesada e atingindo inclusive civis e infraestruturas importantes.

Na última quinta-feira, Abiy Ahmed ordenou o ataque final às autoridades rebeldes e prometeu muito cuidado para não ferir civis no esforço para tomar Mekele, que tem uma população de quase meio milhão de habitantes.

O chefe do Departamento de Drenagem da Força de Defesa Nacional, Hassen Ibrahim, afirmou em comunicado que o exército assumiu o controle da cidade de Wukro, cerca de 50 quilômetros ao norte de Mekele, e controlará Mekele em poucos dias.

O bombardeio da capital de Tigray vem após a reunião de ontem de Abiy Ahmed com os ex-presidentes Joaquim Chissano (Moçambique), Ellen Johnson-Sirleaf (Libéria) e Kgalema Motlanthe (África do Sul), enviados pela União Africana (UA) para mediar uma guerra na qual o premiê rejeitou o diálogo como caminho para uma solução.

You may have missed

3 min read
2 min read
4 min read
2 min read