Familiares aguardam informações de acidente com avião na Indonésia

Familiares e amigos de passageiros do voo SJ182, da companhia indonésia Sriwijaya Air, reuniram-se neste sábado (9) nos aeroportos de Jacarta e de Pontianak, locais de partida e destino do avião, respectivamente, em busca de informações após a confirmação de que o Boeing 737-500 havia se acidentado

O diretor-presidente da Sriwijaya Air, Jefferson Jauwena (foto), esteve no aeroporto de Jacarta, onde concedeu uma entrevista coletiva. A companhia afirmou que a aeronave perdeu controle cerca de cinco minutos após decolar de Jacarta às 14h35 (4h35, no horário de Brasília) 

A bordo do Boeing 737-500 estavam 62 pessoas, sendo sete crianças e três bebês, além de 12 tripulantes. A aeronave pousaria na cidade de Pontianak, na ilha de Bornéu, 1 hora e 10 minutos depois

Dados do site de monitoramento de voos Flighradar24 mostram que o Boeing possivelmente caiu após atingir cerca de 3.300 m de altitude, ainda quando iniciava a subida para voo de cruzeiro. O avião estava em operação havia 26 anos e oito meses. Pertenceu à antiga Continental Airlines, dos Estados Unidos, sendo incorporado à frota da United em 2010, após a fusão entre as duas empresas. Em 2012, o equipamento passou para a Sriwijaya Air

A companhia aérea montou postos de atendimento nos dois aeroportos para acolher e passar as informações disponíveis às famílias dos passageiros

Equipes de busca foram imediatamente deslocadas para o local onde foi emitida a última posição da aeronave, mas apenas destroços foram encontrados no mar. Com o anoitecer, a procura por vítimas ficou restrita

As buscas devem ser mais efetivas na manhã de domingo, segundo as autoridades

O Comitê Nacional de Segurança de Transporte do país já abriu uma investigação sobre o acidente

You may have missed

3 min read
2 min read
4 min read
2 min read