Festa de Ano-Novo é encerrada após quase 2 dias na França

Rave de fim de ano teve mais de 2 mil presentes

Rave de fim de ano teve mais de 2 mil presentes

AMAR TAOUALIT/via REUTERS – 2.1.2020

A festa clandestina de Ano Novo que reuniu cerca de 2,5 mil pessoas na região da Bretanha, na França, terminou na madrugada deste sábado (2º), com centenas de multas para participantes de organizadores.

Autoridades locais indicaram que se tratou de uma ‘rave’, iniciada na noite de quinta-feira, em um armazém industrial na localidade de Leuron, a 45 quilômetros da cidade de Rennes.

A festa acabou sem a intervenção direta das forças de segurança. No entanto, agentes da polícia realizaram uma operação na saída do público que permaneceu até hoje dentro das instalações, para que elas fossem submetidas a controle.

O ministro do Interior da França, Gérald Darmanin, revelou hoje, em postagem no Twitter, que mais de 1,2 mil multas foram aplicadas entre os participantes da ‘rave’ e também que foram abertos procedimentos contra os organizadores.

Ontem à noite, as autoridades locais já tinham se manifestado sobre o evento, garantindo que todos os presentes seriam multados, por desrespeito às normas de prevenção ao contágio do novo coronavírus, que provoca a Covid-19. Além disso, houve sanções impostas por uso de drogas.

Também foram registradas agressões contra vários policiais, que tentaram intervir para que a festa de Ano Novo fosse encerrada.

O presidente do Conselho Departamental de Ile-et-Vilaine, Jean Luc Chenu, em entrevista à emissora France Info, garantiu que a “há uma responsabilidade incontestável, que é a dos organizadores”, que deverão responder à justiça.

O Ministério Público local já abriu uma investigação sobre o caso, devido o descumprimento das normas impostas pela pandemia da covid-19, como o toque de recolher em vigor desde 15 de dezembro, que vai de 20h às 6h.

Em toda a França, segundo Darmanin, as forças de segurança impuseram 6,5 mil multas por desrespeito à medida de confinamento parcial, que a partir deste sábado será iniciado às 18h em 15 departamentos do país, onde a situação epidemiológica apresenta piora nas últimas semanas.

You may have missed

8 min read
2 min read
5 min read
5 min read