França vai matar mil visons infectados com coronavírus 

O vison é um animal criado em fazenda para a produção de casacos de pele

O vison é um animal criado em fazenda para a produção de casacos de pele
Wikipedia

A França detectou pela primeira vez a presença de covid-19 em uma fazenda de vison em Eure-et-Loir (centro), divulgaram os ministérios da Agricultura, Saúde e Transição Ecológica conjuntamente neste domingo (22).

“Foi ordenado o sacrifício dos mil animais que ainda permanecem na fazenda e a eliminação de seus produtos”, diz o comunicado.

Leia também: Dinamarca vai matar 17 milhões de visons com mutação de coronavírus

Das quatro fazendas de visons existentes no país, uma permanece intacta em relação à situação e “as análises continuam a ser feitas nas outras duas”, cujos resultados são esperados para a próxima semana.

Vários países europeus relataram contaminação de fazendas de visons, especialmente na Dinamarca, com a recente descoberta de uma mutação do coronavírus transmissível a humanos, bem como na Holanda, Suécia e Grécia, enquanto casos isolados foram detectados em Itália e Espanha.

Casos também foram encontrados em visons nos Estados Unidos.

You may have missed

3 min read
2 min read
4 min read
2 min read