Hospital russo diz ter iniciado vacinação da população civil

Primeiro lote da Sputnik V já está sendo aplicado em Moscou, diz hospital

Primeiro lote da Sputnik V já está sendo aplicado em Moscou, diz hospital

Divulgação via Reuters

A Rússia entregou o primeiro lote conhecido de vacinas contra o novo coronavírus Sputnik V para uso civil a um hospital no sul de Moscou, que disse nesta segunda-feira (30) que começou a vacinar a população local na semana passada.

Leia também: Rússia alcança recorde de casos de infecção pelo novo coronavírus

O país, que corre para acompanhar farmacêuticas ocidentais na busca por uma vacina contra coronavírus, disse que resultados provisórios de testes mostram que a Sputnik V tem 92% de eficácia na proteção das pessoas contra a covid-19.

O Hospital Municipal Central de Domodedovo disse em seu site que moradores que quiserem se vacinar têm que se registrar com antecedência em um site do governo e levar consigo um resultado de exame negativo de covid-19, além de documentos de identidade, no dia da inoculação.

Disparada de casos

Os casos de coronavírus dispararam na Rússia a partir de setembro, mas as autoridades resistem à adoção de um lockdown rígido e dizem que medidas específicas bastam para lidar com a crise.

Autoridades confirmaram 26.338 casos novos de coronavírus nesta segunda-feira, sendo 6.511 em Moscou e 3.691 em São Petersburgo, o que eleva o total nacional a 2.295.654 desde que a pandemia começou.

Elas também relataram 368 mortes nas últimas 24 horas, o que eleva o total oficial de fatalidades a 39.895.

You may have missed

3 min read
2 min read
4 min read
2 min read