Incêndio em UTI para covid-19 deixa 9 mortos na Turquia

Incêndio atingiu Hospital Universitário Sanko

Incêndio atingiu Hospital Universitário Sanko
Kadir Gunes – 19.12.2020/Demiroren News Agency via REUTERS

Um incêndio na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de pacientes com covid-19 de um hospital privado no sudeste da Turquia, matou nove pessoas, disse o ministro da saúde do país neste sábado (19).

“O doloroso incidente que ocorreu na unidade de terapia intensiva em Gaziantep perturbou a todos nós. O número de mortes é nove. Outros pacientes afetados pelo incêndio foram transferidos para hospitais próximos por nossas 112 equipes de emergência”, disse Fahrettin Koca no Twitter.

O incidente na província de Gaziantep ocorreu às 04h45 no horário local (22h45 de sexta-feira no horário de Brasília) na UTI de covid-19 do Hospital Universitário Sanko.

O fogo foi causado pela explosão de um ventilador de oxigênio, informou o escritório do governo local, acrescentando que outros 11 pacientes em tratamento na unidade foram transferidos para hospitais próximos.

As vítimas tinham idades entre 56 e 85 anos. Equipes de polícia e bombeiros foram enviadas ao local e o fogo foi contido em pouco tempo.

“No local, nossas autoridades tomaram as medidas necessárias e as investigações continuam. Desejamos a misericórdia de Alá aos nossos cidadãos que perderam suas vidas no incidente e [oferecemos] nossas condolências às suas famílias enlutadas”, acrescentou o governo.

Enquanto isso, dois promotores públicos foram designados para realizar uma investigação judicial no local com a comissão de especialistas para esclarecer a causa do incêndio, informou a Procuradoria de Gaziantep em um comunicado.

You may have missed

8 min read
2 min read
5 min read
5 min read