Inter vence Palmeiras em noite de despedida de D´Alessandro

D´Alessandro recebe a braçadeira de capitão em seu último jogo pelo Inter

D´Alessandro recebe a braçadeira de capitão em seu último jogo pelo Inter
RICHARD DUCKER/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO – 19.12.2020

O Internacional venceu o Palmeiras por 2 a 0, neste sábado (19), no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 26ª Rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado recolocou o time colorado no G-4 do torneio, agora com 44 pontos. Edenílson e Yuri Alberto marcaram os gols do Inter.

Leia também: Grêmio empata com Sport e ‘passeia’ pelo G-4 do Brasileirão

A partida marcou a despedida do meia argentino Andrés D´Alessandro, que fez o seu último jogo com a camisa do clube colorado. O craque foi homenageado pelos torcedores.

Pelo Inter, D’alessandro conquistou a Copa Sul-Americana (2008), Libertadores (2010), Recopa (2011), seis Gauchões (2009, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015) e duas Recopas Gaúchas (2016 e 2017) com a camisa colorada. O meia é o terceiro jogador com mais jogos na história do Inter, com 516 partidas e 95 gols marcados.

O jogo

O time palmeirense começou o time bem organizado e com espaço, pois o Inter fazia uma marcação baixa. Mas o Palmeiras não manteve o ritmo.

Leia também: América-RJ anuncia contratação do meia Richarlyson, de 37 anos

Já a equipe colorada mostrou toda a sua força em casa logo aos 10 minutos, quando Edenílson abriu o placar, após um rebote do goleiro Weverton.

No primeiro tempo, o Palmeiras não teve a mesma inspiração dos últimos jogos sob o comando do técnico português Abel Ferreira. A equipe paulista não conseguiu vencer o forte esquema defensivo do Inter, também em noite de desempenho apenas regular.

Na etapa final, o Palmeiras criou uma boa chance com Gabriel Menino pelo lado direito da área adversária. O lateral do time alviverde cruzou com perigo, mas a zaga conseguiu interceptar a bola.

O treinador Abel Ferreira decidiu fazer três mudanças de uma vez para dar uma nova cara ao Palmeiras e buscar o empate. A equipe alviverde teve bons momentos com Gustavo Scarpa e Zé Rafael.

Curta a página do Facebook do R7 Esportes

Mas o Inter cresceu e foi muito perigoso em jogada que começou em uma tentativa de bicicleta de Thiago Galhardo, que finalizou o lance com uma cabeçada perigosa, aos 16 minutos. A bola passou muito perto do gol de Weverton, que apenas observou.

Porém, aos 21 minutos, o Palmeiras quase empatou a partida em um bom cruzamento do lateral-direito Mayke que o zagueiro Custa tentou cortar, mas acertou a própria trave.

Aos 26, Gustavo Scarpa acertu um bom chute, mas o goleiro Marcelo Lomba fez boa defesa.

Mas o Internacional fez prevalecer o seu ótimo retrospecto em jogos contra o Palmeiras, especialmente no Beira-Rio. Aos 37 minutos, Yuri Alberto puxou um bom contra-ataque, ficou frente a frente com Weverton e tocou por cobertura: 2 a 0. O segundo gol praticamente selava o resultado da partida.

Aos 41 minutos, chegava o momento mais esperado pela torcida do time colorado gaúcho: o meia D´Alessandro pisav entrou em campo pela última vez com a camisa do clube.

O meia recebeu a braçadeira de capitão e, após o apito final, se emocionou ao receber o abraço dos companheiros.

Próximos jogos

O Palmeiras jogará na próxima quarta-feira (23), quando receberá o América-MG, no Allianz Parque, às 21h30, no primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil.

Já o Internacional voltará a campo no domigo (27), às 16h, quando visitará o Bahia, na Arena Fonte Nova, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

INTERNACIONAL 2 x 0 PALMEIRAS

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data: 19 de novembro de 2020, às 21h
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF)
VAR: Wagner Reway (PR)
Cartões amarelos: Caio, Thiago Galhardo, Rodrigo Moledo (Inter); Willian, Abel Ferreira [treinador], Gabriel Menino (Palmeiras);
Gols: Edenílson (Inter), aos 10 minutos do 1º tempo; Yuri Alberto, aos 37 do 2º tempo;
INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Heitor, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado (Lucas Ribeiro, aos 41 do 2º tempo), Edenílson, Praxedes (Yuri Alberto, no intervalo) e Patríck (D´Alessandro, aos 41 do 2º tempo); Thiago Galhardo (Rodrigo Lindoso, aos 24 do 2º tempo) e Caio (Marcos Guilherme, aos 24 do 2º tempo). Técnico: Abel Braga.
PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Mayke, aos 13 do 2º tempo), Luan, Gustavo Gómez e Viña (Mayke, aos 13 do 2º tempo); Danilo (Zé Rafael, aos 13 do 2º tempo), Gabriel Menino, Raphael Veiga (Breno Lopes, no intervalo), Lucas Lima (Gabriel Silva, aos 31 do 2º tempo) e Gustavo Scarpa; Willian. Técnico: Abel Braga.

Messi iguala marca de Pelé em clubes e Liverpool goleia; veja rodada:

You may have missed

3 min read
2 min read
4 min read
2 min read