Mutação do coronavírus já pode estar nos EUA, diz chefe de agência

Estados Unidos ainda mantêm voos procedentes do Reino Unido

Estados Unidos ainda mantêm voos procedentes do Reino Unido
Eduardo Munoz/Reuters

O epidemiologista-chefe dos Estados Unidos, Anthony Fauci, considerou nesta terça-feira (22) que se deve presumir que a nova cepa mais contagiosa do coronavírus está no país, já que não seria surpresa que com a expansão que teve no Reino Unido tenha ultrapassado suas fronteiras .

Em entrevista ao programa matinal Good Morning America, o diretor do Centro Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas garantiu que é “certamente possível” que a cepa detectada no Reino Unido já esteja nos Estados Unidos.

“Quando você chega ao nível de contágio que ocorreu no Reino Unido, deve-se supor que já esteja aqui, embora não seja a cepa dominante, mas não ficaria surpreso se já estivesse aqui”, disse Fauci, que receberá a vacina hoje contra covid-19 em um evento público.

Fauci recomendou não “exagerar” com o surgimento dessa nova cepa e considerou que as proibições de viagens do Reino Unido, que os Estados Unidos ainda não impuseram, mas os países europeus sim, são “draconianas”.

Em vez disso, Fauci apoiou medidas como as propostas do governador de Nova York, Andrew Cuomo, para fortalecer os testes de viajantes do Reino Unido, mas não para cancelar voos, que continuam chegando diariamente aos Estados Unidos, principalmente de Londres.

“O mais importante que temos que fazer é assistir aqui. A cepa pode já estar aqui. Duvido que seja uma cepa predominante, mas como disse o governador, é totalmente concebível que já esteja presente”, argumentou Fauci, que evitou declarar seu apoio ao uma possível proibição de voos do Reino Unido.

A nova variante do coronavírus é 70% mais contagiosa que as outras mais comuns e tem sido responsável pelo aumento de casos no Reino Unido, embora atualmente não seja considerada mais virulenta ou imune às vacinas que já estão sendo distribuídas.

Os Estados Unidos têm 18 milhões de casos e mais de 319 mil mortes por covid-19, mais do que qualquer outro país do mundo em termos absolutos, de acordo com a contagem independente da Universidade Johns Hopkins.

You may have missed

3 min read
2 min read
4 min read
2 min read