Nashville: polícia acha possíveis restos humanos perto de explosão

Polícia de Nashville divulgou imagem de veículo que estaria ligado à explosão. Três se feriram

Polícia de Nashville divulgou imagem de veículo que estaria ligado à explosão. Três se feriram
Departamento de Polícia de Nashville/EFE/EPA

A polícia metropolitana de Nashville, nos Estados Unidos, informou que encontrou tecidos na noite de sexta-feira (25) e vai investigar se pertencem a seres humanos. Os agentes encontraram os vestígios perto do local onde um motorhome (trailer) explodiu ontem de manhã, justamente no dia do Natal.

Os materiais serão examinados para determinar se são restos humanos, disse o chefe do Departamento de Polícia Metropolitana da cidade, John Drake, que não soube dizer a que distância o tecido estava do local onde o trailer explodiu.

O incidente deixou três civis feridos, todos hospitalizados e com estado de saúde estável. A explosão atingiu pelo menos 41 empresas e um prédio desabou parcialmente, disseram as autoridades. Preocupada com a integridade estrutural dos prédios afetados, a prefeitura isolou a área e não permitirá a entrada de ninguém até a tarde de domingo (27).

O prefeito John Cooper informou que “vai demorar algum tempo até que a avenida volte ao normal”.

A investigação da polícia se concentra agora em dois pontos: garantir a segurança da população e coletar evidências da explosão. “Eles estão realmente determinando como isso aconteceu, quase mais do que por quê”, disse Adam Hall, professor assistente de Ciências Biomédicas Forenses na Escola de Medicina da Universidade de Boston, ao jornal americano Tennessean.

“É difícil, senão impossível, dizer quanto tempo eles levariam para identificar um indivíduo ou indivíduos envolvidos. Mas, ao mesmo tempo, qualquer evidência física coletada provavelmente está sendo priorizada para análise para que, pelo menos, a polícia possa determinar o tipo do explosivo que foi usado, porque isso pode dar alguma indicação de qual pode ter sido a fonte”, completou.

“Estamos basicamente criando uma linha do tempo desse incidente, desde o momento em que foi relatado pela primeira vez, bem como a partir desse incidente quando foi relatado, voltando para ver as circunstâncias que levaram a ele”, disse o porta-voz da filial de Nashville do Comitê de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos, Adam Hall. “Pode levar semanas ou meses para processar as evidências”, completou.

Entenda o caso

Ontem de manhã, uma forte explosão ocorreu no centro de Nashville, no estado do Tennessee, nos EUA. A polícia disse acreditar que não foi um acidente, mas uma ação proposital envolvendo um veículo carregando explosivos.

Isso porque o veículo onde, supostamente, estavam os explosivos emitiu uma gravação que advertia que uma bomba explodiria “nos próximos 15 minutos”, relatou em entrevista coletiva o chefe da polícia local, John Drake. Isso impediu que mais pessoas se ferissem com a explosão.

You may have missed

3 min read
2 min read
4 min read
2 min read