Primeira cidadã imunizada nos EUA recebe a 2ª dose de vacina da Pfizer

Enfermeira americana foi a primeira a receber as duas doses da vacina nos Estados Unidos

Enfermeira americana foi a primeira a receber as duas doses da vacina nos Estados Unidos
Shannon Stapleton/Reuters – 04.01.2020

Primeira cidadã norte-americana a ser vacinada contra a covid-19, a enfermeira de Nova York Sandra Lindsey recebeu, nesta segunda-feira (4), a segunda dose do imunizante da Pfizer no Centro Médico Judaico de Long Island, no Queens, bairro de Nova York.

Lindsey recebeu a primeira dose da vacina em 14 de dezembro, um dia após a autorização do CDC (Agência Pública de Saúde) – último aval necessário para o início da campanha de vacinação, aprovada no mesmo dia pelo presidente Donald Trump.

Desde 13 de dezembro, cerca de 2,9 milhões de doses do imunizante da Pfizer/BioNTech começaram a ser distribuídos para todos os 50 estados norte-americanos.

O esforço logístico envolveu duas grandes empresas privadas de logística e o Exército. As vacinas estão sendo levadas para os estados a partir de bases da Pfizer no centro do país, nos estados de Wisconsin e Michigan.

Vacinação no Reino Unido

Ainda nesta segunda-feira (4), o Reino Unido começou a vacinar pessoas do grupo de risco contra a doença com a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca. Brian Pinker, de 82 anos, foi o primeiro a receber o imunizante.

Segundo o serviço público de saúde britânico (NHS, na sigla em inglês), 520 mil doses estão prontas para serem distribuídas. Assim como a Pfizer, a vacina de Oxford também será aplicada em duas doses.

You may have missed

8 min read
2 min read
5 min read
5 min read